A odontologia tem história!




A odontologia é responsável pelo estudo de todo o sistema estomatognático (boca, pescoço, face e rosto), portanto não se limita aos dentes, como muitos acreditam. Apesar disso, a história do seu surgimento remete a eles — a dor de dente já assombrava a humanidade há milênios, e foi para tentar tratar esse problema que os humanos começaram a desenvolver técnicas e ferramentas para seus primeiros tratamentos odontológicos!


Evidências milenares de tratamentos dentais podem ser encontradas por todo o mundo, em países como China, Egito e Grécia. Porém, naquele tempo não se sabia sobre a existência de bactérias, por isso uma das teorias mais difundidas naquele período para explicar as cáries e dor de dente eram vermes dentais.


Foi na França, durante a idade média, que o termo “dentista” surgiu pela primeira vez, em 1363. Na época, esses profissionais eram responsáveis pela extração dos dentes já apodrecidos. Entre 1500 e 1700 a Odontologia foi se modernizando a partir do desenvolvimento de novos equipamentos para extração de dentes. Daí em diante, diversos estudos científicos sobre a Odontologia começaram a ser publicados e a área se desenvolveu muito, com técnicas de remoção de cáries, restaurações, aplicação de próteses dentarias e até coroas de porcelana! Mas foi só em 1800 que a anestesia passou a ser utilizada amplamente para tratamentos odontológicos.


Com esses significativos avanços da Odontologia, ela deixou de ser vista apenas como uma medicina para cura e tratamentos de problemas já existentes, passando a ser usada como prevenção para garantir a manutenção da saúde bucal, e também para estética, como clareamento dental e a hamonização orofacial!


Tem curiosidade em conhecer um pouco da história do clareamento dental? Fique atento ao nosso perfil! Se tiver interesse em conhecer o que há de mais moderno em tecnologia laser para a odontologia, acesse nosso link da bio!